Hospital Materno Infantil de Barcarena realiza roda de conversa sobre aleitamento materno com mães e gestantes

Com o intuito de educar e informar sobre a importância dos cuidados durante o aleitamento materno, o Hospital Materno Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan (HMIB) realizou uma roda de conversa no Banco de Leite.

Durante a roda de conversa a técnica de enfermagem Ellen Silva fez uma demonstração dos métodos corretos para a ordenha e, juntamente com a nutricionista Danielly Souza, esclareceu dúvidas sobre a correta posição do bebê, os melhores ambientes e orientou acerca dos cuidados antes e após a amamentação para as mamães internadas e que fazem acompanhamento de pré-natal na unidade.

A paciente Leane Queiróz, que foi transferida da Santa Casa, está participando pela primeira vez do encontro e aproveitou o momento para esclarecer suas dúvidas.

“É o meu primeiro filho, toda vez que eu o amamentava ele colocava para fora o leite. Depois que eu fui transferida para o Hospital Materno Infantil meu filho foi atendido, está reagindo bem e melhorou muito. Eu me sentia aflita por não saber como poderia reagir. Aqui eu pude entender a melhor forma de amamentar, as posições e a partir de agora, tenho orientações. Eu me sentia sozinha e agora estou acolhida”.

Houve também uma oficina para demostrar a técnica de Boa Pega com a participação das mães. Nesse método foi priorizado o conforto da mãe e do bebê com orientações de colo e de sucção, e todos os sinais que o bebê apresenta quando precisa do leite materno.
O objetivo do encontro, criado pela equipe do Banco de Leite da unidade gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, é orientar as mães sobre os benefícios da prática do aleitamento materno.

“O leite materno proporciona o crescimento do bebê, ele auxilia na imunização de doenças, e por isso é muito necessário. Nesse encontro nossa equipe pode auxiliar sobre o aleitamento materno e todos os benefícios de uma ordenha eficaz. A partir do momento que o bebê nasce ele recebe o colostro e então começa as orientações, que são reforçadas nesses encontros para mães e acompanhantes, desde aquelas que começaram esse ciclo aqui no hospital até as demais mães assistidas pela equipe, que já tiveram a experiência de ser mãe em outro momento e não tiveram orientações”, destacou a enfermeira Ellen Silva.

As rodas de conversa são realizadas mensalmente, na última quarta-feira do mês às 14h e acolhe tanto os usuários internados com seus acompanhantes, como também, aquelas que iniciarão o pré-natal no hospital.

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de onze Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.