Materno-Infantil orienta colaboradores sobre carnaval seguro

Programação especial contou com palestras, blitz no trânsito e concurso de fantasias

Com o objetivo de orientar e entreter os colaboradores, o Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan (HMIB) realizou nos dias 20 e 21/2, uma série de atividades educativas em alusão ao carnaval, por meio da campanha “Se cuide, não abuse”. Durante a ação todos puderam vir a caráter, usando bastante glitter, máscaras e alegria.
A programação, organizada pelo Grupo de Trabalho de Humanização (GTH), Serviço Especializado em Engenharia Clínica (SESMT) e por membros da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), foi composta por palestras sobre educação sexual, consumo de drogas, consumo abusivo de álcool, distribuição de preservativos, blitz de trânsito no entorno do hospital, além de questões relacionadas à assédio sexual e empoderamento da mulher.

“Resolvemos fazer atividades para atingir todos os colaboradores de maneira igual, visando orientá-los quanto a prevenção de acidentes de trânsito, uso em excesso de álcool, uso de drogas e infecções sexualmente transmissíveis (ISTs)”, esclareceu a técnica de segurança do trabalho, Luciana Santos.

O HMIB, unidade gerenciada pela Pró-Saúde, também aderiu à campanha nacional “Não é Não”. A coordenadora municipal de política para mulheres de Barcarena, Tânia de Jesus, palestrou sobre empoderamento feminino, assédio sexual, a Lei Maria da Penha, os tipos de violência contra a mulher e como denunciar o agressor na Delegacia da Mulher (DEAM).

O Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) do município participou no tópico sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis. “Este momento foi muito útil para falarmos sobre como as pessoas se contaminam com as ISTs, orientar sobre como utilizar o preservativo e, principalmente, nos colocar a disposição para os testes rápidos, onde o resultado sai na hora para sífilis, HIV e hepatites B e C. Nosso papel é a orientação, prevenção e tratamento”, reiterou a palestrante Jaqueline Assunção, psicóloga do CTA.

Quem também participou da programação foram os grupos de motociclistas Hithlander e Moto Club Guarani de Belém. Eles fizeram uma blitz educativa em frente ao Hospital para informar sobre o uso da Carteira Nacional de Habilitação, cinto de segurança e uso do capacete.

 

 

 

 

 

 

Ao final das ações, os colaboradores puderam se divertir com o I Concurso de Fantasia do HMIB. A disputa acirrada foi entre o Homem-Aranha, Joaninha Feliz, Barbie Diferente, Fada Sensata, aprendiz de Harry Potter, A Dama da Noite, Mulher Maravilha e a Rainha Empoderada.

Para a ganhadora do segundo dia de concurso, Silvia dos Santos, que participou fantasiada de Rainha Empoderada, o momento foi essencial para confraternizar. “Tivemos esse momento de descontração onde pudemos brincar, nos divertir, mostrar que somos felizes onde trabalhamos. Podemos ter esse momento de diversão e incluir o trabalho nisso”, comemora.

Para Jaynne Araújo, psicóloga e membro do GTH, a campanha foi feita para descontrair e renovar o interesse pelo trabalho. “O nosso objetivo era promover, além de aprendizagem, um momento de descontração, um clima organizacional saudável, já que alguns estavam no plantão no feriado. Ofertar uma oportunidade de diversão e brincadeira para todos, sempre acompanhado de orientações relacionadas à saúde”.

**O HMIB**
O Materno-Infantil de Barcarena é uma unidade referência em média e alta complexidades para 11 municípios do Baixo Tocantins, sendo o público-alvo mulheres gestantes e recém-nascidos.
A unidade é gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

**Sobre a Pró-Saúde**

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 24 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.