2.500 nascimentos são comemorados no Hospital Materno-Infantil de Barcarena

Foi na manhã da última sexta-feira, 7/8, que Maria Dilva dos Santos conheceu finalmente o rosto e o sexo de sua bebê, após o nascimento no Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan (HMIB).

Com 38cm de altura e pesando quase 4 quilos, a chegada da bebê representou a marca de 2.500 nascimentos na unidade, inaugurada há menos de dois anos pelo Governo do Estado do Pará, e gerenciada pela Pró-Saúde.

Desde a inauguração, no dia 21 de setembro de 2018, o Materno-Infantil de Barcarena é referência para 11 municípios do Baixo Tocantins, atendendo gestantes e recém-nascidos, de forma 100% gratuita pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Reunião em família

Maria Dilva é agricultora e com origem do município de Moju, distante a 57km de Barcarena. Ela conta que ainda não escolheu o nome de sua bebê, pois quer decidir junto com a família.

“Pai, meus filhos e avós vamos escolher o nome dela. Fico alegre que ela possa representar essa marca importante para o hospital. Não esperava essa surpresa. Agradeço o carinho de todos aqui, é um presente para o pai dela, de Dia dos Pais, e para toda a família”, celebra a mãe.

Média de 130 partos por mês

O Materno-Infantil de Barcarena atinge um número expressivo para a região, com 65 leitos de enfermaria e 20 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) adulto e neonatal, e mais dez de cuidados intermediários para recém-nascidos. São seis mil metros quadrados de área construída em uma região distante a 143km da capital Belém.

Em média, cerca de 130 partos são realizados pelo HMIB por mês e, desde a inauguração. O diretor Hospitalar, Fabio Machado, destaca a importância dos mais de 300 colaboradores e o propósito de levar assistência segura e humanizada às mães da região, em um momento especial como o parto.

“Distante de grandes centros urbanos, no interior do Pará, estamos construindo uma relação íntima com a região e oferecendo a melhor assistência e acolhimento para as gestantes e bebês em um momento importante de suas vidas. O número obtido com o nascimento da bebê de Maria Dilva representa a nossa missão de atuar com qualidade, segurança e humanização, reproduzindo os objetivos de uma gestão da Pró-Saúde”, diz.

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 24 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.